Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

 

Há 40 anos no mercado, a Akkerman e Alcoragi Acústica Ideal é uma empresa sediada na capital paulista, que presta serviços ao Brasil inteiro. Administrada pelos sócios-diretores Schaia Akkerman, Sérgio Akkerman e Fernando Alcoragi, a empresa é pioneira em soluções para problemas ambientais relacionados ao conforto acústico, bem-estar e privacidade de ambientes residenciais, hospitalares, hoteleiros, comerciais, corporativos e comunidades.

A Akkerman e Alcoragi atende uma grande variedade de clientes, elaborando estudos de caso e criando projetos especializados, além de oferecer consultoria, acompanhamento da obra e verificação do desempenho da solução proposta. “Vimos o mercado se expandir enormemente. A preocupação com o bem-estar, relacionado ao conforto acústico, tem mobilizado cada vez mais a sociedade, tanto no âmbito particular/residencial como na esfera corporativa ”, salienta Sérgio Akkerman.

As áreas de atuação da empresa se dividem em três grupos: Projetos (de tratamento acústico e anti-vibratório), Laudos (com medições sonoras in-loco) e Ensaios (para comprovação de resultados e desempenho).

Para realizar suas atividades, a Akkerman e Alcoragi faz uso do que há de mais moderno em tecnologia. “Temos softwares especiais que simulam ruídos que poderão ocorrer em determinado ambiente, e que nos possibilita divisar soluções com as características adequadas de isolamento acústico. É uma tecnologia interessante porque nos permite, entre outras coisas, inserir valores e captar informações sobre os parâmetros ideais de isolamento que atendem à necessidade específica do projeto”, explica Sérgio.

Pensar em isolamento acústico requer prestar atenção não apenas às paredes, mas também aos caixilhos de janelas, porque esses podem ter impacto significativo no desempenho. “Dispomos de equipamentos padronizados internacionalmente que nos permitem montar protótipos específicos para cada situação e compreender o nível de desempenho de isolamento acústico de uma parede ou de uma janela, por exemplo”, pontua Akkerman.

A Akkerman e Alcoragi também realiza testes posteriores para conferir se o desempenho acústico de um projeto está dentro daquilo que foi calculado previamente. Nesse caso, monta-se um protótipo do lugar e avalia-se, por meio de softwares e equipamentos, o desempenho da solução. É o que a empresa chama de ‘laboratório móvel’, que pode ser deslocado para o Brasil inteiro. 

O tratamento acústico para ambientes residenciais e corporativos possui vários   aspectos em comum, mas com uma diferença fundamental: os espaços residenciais também são ocupados durante a noite, especialmente para o descanso. “Durante a noite qualquer ruído pode incomodar e prejudicar o sono, e isso tem um impacto significativo no bem-estar geral do indivíduo. Esse fator deve ser levado em conta e implica uma atenção especial para com o projeto ”, salienta Akkerman. O tratamento da acústica, além de estabelecido em normas de desempenho (NBR 10.151, 10.152, 15.575, dentre outras) também é parte dos requisitos para somar pontuação na certificação LEED.

A Akkerman e Alcoragi desenvolve soluções específicas para esses tipos de projetos. No portfólio da empresa constam serviços acústicos realizados para empreendimentos como o conjunto de edifícios Parque da Cidade, em São Paulo, em processo de certificação LEED Gold e para o Edifício Eldorado Business Tower, também em São Paulo, certificado LEED Platinum. Vale destacar também os trabalhos realizados pela empresa na Biblioteca Villa Lobos, no Centro Paraolímpico Brasileiro, no cinema Caixa Belas Artes, no escritório do Google em São Paulo e no Terminal 3 do Aeroporto de Guarulhos.

“Estamos acompanhando o aumento da demanda por soluções acústicas no mercado, aperfeiçoando nosso desempenho através da agregação constante de tudo que há de mais moderno em termos de tecnologia, e continuando a prestar um serviço, que segue sendo referência no tratamento da acústica”, pontua Sérgio Akkerman.

O caso da Verescence Brasil Vidros (indústrias)

Localizada na zona oeste da cidade de São Paulo, a fábrica da Verescence Brasil Vidros funciona no mesmo lugar há muitos anos. Trata-se de uma indústria que funciona inclusive aos sábados e domingos, 24h, já que os equipamentos não param.

Os problemas começaram quando mudanças na Lei de Zoneamento da capital permitiram a construção de edifícios residenciais próximos à fábrica. A partir de então, moradores da comunidade recém-chegada passaram a reclamar do barulho vindo do local, especialmente à noite. A Akkerman e Alcoragi, acionada pela indústria, realizou inicialmente um trabalho de medições sonoras através da simulação eletrônica, para compreender a verdadeira distribuição dos sons e seus excessos de níveis de pressão sonora.

A partir dos dados aferidos na medição, o projeto foi idealizado e executado. “Optamos pela instalação de atenuadores de ruído do tipo dissipativo, com barreiras acústicas, que resultou na redução significativa do excesso de ruído que incidia sobre a comunidade”, explica Akkerman.

Após a execução das soluções, a empresa tratou de comprovar os resultados. “Juntamente com autoridades da Cetesb [Companhia Ambiental do Estado de São Paulo], consultamos a comunidade no entorno da fábrica para garantir que as soluções acústicas empregadas surtiram o efeito de conforto acústico esperado. Como prevíamos, a resposta foi positiva e as reclamações cessaram por completo”, conclui Sérgio Akkerman.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: