Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Medida, que deve valer a partir de 2024, visa não só preservar a saúde da população, mas também os monumentos históricos prejudicados pela má qualidade do ar.

A cidade de Roma é mais uma que vai mexer em seu sistema de transporte visando ganhos ambientais. Depois do governo alemão sinalizar, semana passada, que irá testar o transporte público 100% gratuito em determinadas cidades, a prefeita da capital italiana, Virginia Raggi, anunciou hoje que vai banir os carros abastecidos com diesel das ruas do centro da cidade até 2024.

A Via dei Fori Imperiali, no Centro de Roma, vista do Coliseu

Aproximadamente dois terços de todos os carros vendidos na Itália no ano passado (cerca de 1,8 milhão) são movidos a diesel. Como Roma é uma cidade sem grandes indústrias, praticamente toda a poluição vem do sistema de transporte da cidade.

“Se quisermos intervir de forma séria, temos de ter coragem para tomar medidas contundentes”, comentou Raggi em seu perfil no Facebook.

Anteriormente, a cidade já adotou medidas como rodízio de carros e o banimento de veículos mais antigos e poluentes em dias que a qualidade do ar mostra piora. Mas, além de mostrarem-se insuficientes, as decisões foram burladas pela população, com famílias apenas trocando veículo em dias com proibições.

Além das questões envolvendo a saúde da população, a poluição preocupa em Roma pela sua capacidade de degradar construções e monumentos históricos. Um estudo do ministério da Cultura italiano no ano passado mostrou que há pelo menos 3,6 mil monumentos e 60 estátuas de bronze correndo risco de deterioração por causa das partículas poluidoras que circulam no ar.

Fonte: The Guardian

 

Total
4
Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: