Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Residência em Castro (PR) e interior de nova sede da Sanofi, em São Paulo, receberam certificações LEED Gold e Platinum, respectivamente.

Nova sede da Sanofi em São Paulo
Nova sede da Sanofi em São Paulo (Foto: Fernando Martinho)

Mais dois projetos brasileiros receberam certificação LEED neste início de ano. Enquanto a Casa Onda, construída pela Greenwood em Castro (PR), recebeu o selo LEED Gold BD+C Home (Design e Construção de Prédio – Residência), a nova sede da Sanofi, em São Paulo, se tornou a mais nova referência LEED Platinum, na modalidade ID+C Commercial Interior (Design e Construção de Interior – Interior Comercial).

A Sanofi é a primeira empresa do ramo farmacêutico a obter uma certificação LEED desse tipo no Brasil. O novo edifício marcou 83 pontos de 110 possíveis, em um projeto pensado para a sustentabilidade desde o início. O escritório de arquitetura responsável foi o Athié Wohnrath, com gestão imobiliária da JLL.

O próprio edifício da companhia já tem certificação LEED Gold (a premiação de agora é para o interior da sede da Sanofi). A empresa farmacêutica afirma ter obtido redução de 40% no uso da água e de 30% no consumo de energia, além de priorizar ambientes com iluminação natural e extensa presença de plantas. Outro destaque foi a gestão de resíduos da obra: 82% do total foi reciclado.

Nova sede Sanofi
Bem-estar da equipe foi requisito fundamental no planejamento da nova sede, segundo a Sanofi (Foto: Fernando Martinho)

Além de tudo isso, a empresa orgulha-se de ter integrado todo seu time na missão de se tornar sustentável. “Todo o processo de mudança para nossa nova sede foi apoiado no empoderamento, no respeito à diversidade e nas necessidades dos colaboradores. Criamos um processo em que todos puderam contribuir, opinar e participar das decisões relativas à nossa nova casa”, explica a diretora de Comunicação e Responsabilidade Corporativa da Sanofi, Marcia Goraieb.

Casa Onda

Já a Casa Onda, construída pela Greenwood no interior paranaense, tem projeto arquitetônico assinado por Mônica Menarim Requião.

Casa Onda Greenwood
Casa Onda, construída pela Greenwood com selo LEED Gold (Foto: Divulgação/Greenwood)

Feita de aço galvanizado no método steel frame, a residência projetada para quatro pessoas utiliza ainda alvenaria e lã de pet em sua composição, gerando conforto acústico e térmico com material mais sustentável, em lugar da tradicional lã de vidro. São 580 metros quadrados de espaço interno, divididos em dois andares que têm três suítes, área de lazer e ainda salas de jantar e estar compartilhadas, juntamente com a cozinha.

Placas fotovoltaicas captam energia solar e geram 50% da energia utilizada na casa. Já as duas caixas de água com capacidade para 5 mil litros direcionam a água da chuva para uso na limpeza externa.

Especializada em construções sustentáveis, Mônica Requião também destaca os cuidados tomados já na construção da casa. “Houve geração praticamente zero de resíduos. Tudo foi reciclado, revendido a outras indústrias ou doado.”, lembra.

Casa Onda da Greenwood
Interior da casa, que integra cozinha e salas de estar e jantar (Foto: Divulgação/Greenwood

Mais certificações

Além destes dois projetos, outra certificação LEED recente foi obtida pelo edifício Miss Silvia Morizono, administrado pela Cyrela Commercial Properties, em São Paulo. O Going GREEN Brasil revelou os detalhes do empreendimento, que você pode conferir clicando aqui.

 

Total
7
Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: