Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Com estrutura simples, sistema de tratamento de água cinza da Metroagua garante reuso com qualidade e eficiência, gerando economia de até 40% nos gastos com água.

Entre 19 e 23 de março, o portal Going GREEN Brasil celebra o Dia Internacional da Água (22/3) com uma série de reportagens sobre a importância deste recurso vital para a vida humana e a sustentabilidade. Falaremos sobre questões ambientais, uso nos edifícios, gestão hídrica e empresas que oferecem soluções inovadoras envolvendo a água. Clique aqui para ver os conteúdos já publicados e ajude a promover o uso sustentável da água em todos os momentos.

 

Já está virando regra, quando se realiza a construção ou o retrofit de um edifício, a preocupação com a eficiência energética e hidráulica. Afinal, além dos benefícios ambientais, há também o impacto direto no bolso de quem administra o prédio. Principalmente no caso da água, sujeita a desperdícios que muitas vezes não se nota e que oferece a possibilidade de reuso.

Notando a preocupação crescente dois empreendimentos com o uso eficiente da água, a Metroagua, empresa carioca que já oferece há três décadas a venda e instalação de sistemas anticorrosivos em tubulações, expandiu seus serviços para oferecer também soluções de tratamento e reuso da água na capital fluminense. Com um equipamento simples que pode ser adaptado a qualquer estrutura de cisternas e caixas d’água, o serviço reaproveita a água cinza (água proveniente de chuveiros e lavatórios) nos vasos sanitários, gerando economias financeiras que chegam a 40%.

Basicamente, o sistema se resume a tanques de floculação que, ligados à rede hídrica, fazem o processo automaticamente. “É uma estação toda automática. Você implanta, põe os produtos químicos necessários, e conforme a água chega, ele faz todo o processo de tratamento, depois enviando-a aos vasos” explica o sócio-proprietário da empresa, Nelson Schneider, que é engenheiro civil e possui MBA em Sustentabilidade. Feitos de polietileno, os tanques contam com tecnologia de floculação, que isola as partículas poluidoras e as descarta, deixando apenas a água livre de contaminação – veja mais detalhes clicando aqui.

Uma vez instalada a tecnologia, uma equipe da Metroagua vai acompanhar periodicamente o processo, fazendo as manutenções necessárias e repondo os produtos químicos – alcalinizante e floculante – necessários para a limpeza. “Geralmente essa visita é feita quinzenalmente”, diz Schneider.

Veja abaixo algumas imagens do processo de floculação e o resultado sobre a água tratada (clique para passar a imagem):

O benefício imediato é a economia no uso de água, que pode chegar a 40%, segundo o proprietário da companhia. “Mesmo o custo mensal de tratamento é baixo, entre 7% e 8% do que se gasta com água. O que ainda deixa uma grande margem de economia para o edifício”, destaca. E, uma vez que o custo de implantação praticamente não se altera, explica, a vantagem é ainda maior para grandes edifícios, que vão obter tais ganhos em maior escala.

Parceiros

O foco desse novo serviço da Metroagua está nos edifícios em construção ou retrofit, onde a tubulação pode ser planejada considerando o processo de reuso. Especialista no processo, a equipe da Metroagua conta também com a expertise da Metrópole Engenharia, empresa mais antiga do Sistema Metro, grupo que engloba ambas as companhias. Por fim, o serviço pode ser complementado com soluções da Metroshop, que comercializa produtos como anticorrosivos e anti-incrustantes, para encanamentos, e tampas para caixa d’água, entre outros.

“É importante realizar um processo planejado, e aproveitar o momento de construção ou reforma, para que se possa separar as redes de água. Não adianta querer implantar essa estrutura de reuso se só há uma coluna de água no banheiro, por exemplo”, aponta o sócio-proprietário. É no tratamento anticorrosivo, com o uso do econox, que a Metroagua tem sua grande base de clientes no Rio, sobretudo edifícios residenciais e hotéis. 

Outros serviços oferecidos pela Metroagua são o tratamento de água de poços artesianos e em lagos e espelhos d’água.  Mas é no uso em edificações, que ocorre em grande escala, que está a principal demanda, diz Schneider. “As pessoas estão tomando conhecimento do tamanho do problema que pode ser a água mal utilizada. Seja ambientalmente ou economicamente”, aponta.

Publicação patrocinada por Metroagua. Mais informações sobre os produtos e serviços da empresa, assim como demonstrações de seu uso e dados para contato, podem ser encontrados em http://www.metroshop.com.br/metroagua.

Total
24
Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: