Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Cervejaria anunciou um plano de metas de sustentabilidade para serem cumpridas até 2025

Cerveja - embalagens retornáveis
Apostar nas embalagens retornáveis, reduzindo o descarte, é uma das estratégias de sustentabilidade da Ambev

Até 2025, a Ambev pretende que 100% da eletricidade utilizada nas instalações da empresa sejam advindas de fontes renováveis. Esse é um dos objetivos do novo plano de metas recém-divulgado pela cervejaria, dona de marcas como Skol, Brahma, Antarctica, Budweiser e Stella Artois e parte do grupo AB Inbev.

O uso de energia limpa está no eixo “ações climáticas” do plano da empresa – um dos quatro estabelecidos para perseguir uma atuação mais sustentável nos próximos 7 anos. Nesse mesmo grupo de ações, está a meta de reduzir em 25% as emissões de carbono em toda a cadeia produtiva da companhia.

Os outros três eixos, e suas respectivas ações, são:

Gestão de Água: “melhorar de forma mensurável a disponibilidade e a qualidade da água para 100% das comunidades em áreas de alto estresse hídrico com as quais a cervejaria se relaciona.”

Agricultura Inteligente: “100% dos agricultores parceiros da cervejaria devem estar treinados, conectados e com estrutura financeira para desenvolver um plantio cada vez mais sustentável.”

Embalagem Circular: “100% dos produtos da Cervejaria Ambev devem estar em embalagens retornáveis ou que sejam majoritariamente feitas de conteúdo reciclado.”

Meios de ação

Para alcançar 100% de energia limpa, a Ambev já vem cortando o consumo de combustíveis fósseis, substituindo-os por óleo vegetal, biomassa e biogás gerado pelas Estações de Tratamento de Efluentes da empresa. Por outro lado, um esquema de compartilhamento de caminhões com empresas parceiras deve contribuir para a redução na emissão de gás carbônico.

Já em seu projeto de logística reversa Embalagem Circular, a cervejaria instalou, ao longo dos últimos anos, 900 máquinas de coleta de embalagens por todo o país. Em 2017, elas coletaram mais de 100 milhões de vasilhames com garrafas retornáveis – modelo cuja presença nos bares e restaurantes a Ambev busca ampliar, em detrimento de outros. “Atualmente, 1 em cada 4 garrafas vendidas nos mercados já é retornável”, garante a empresa.

Metas alcançadas

No fim do ano passado, a Ambev gabou-se de alcançar seis das sete metas estabelecidas pelo grupo AB Inbev para o período entre 2013 e 2017. Entre elas, a redução na emissão e gases causadores do efeito estufa em 10% na própria operação (a companhia afirma ter alcançado 40%) e em 15% na cadeia logística (chegou a 22%, diz).

Outra meta alcançada foi a redução para menos de 3,2 litros de água o volume necessário para envasar 1 litro de bebida. Segundo acervejaria, atualmente são usados 3,04 litros.

A única meta não alcançada entre as estipuladas foi a redução de 10% no consumo de energia – a redução ficou em apenas 4,5% em relação a 2012, segundo a Ambev.

Total
5
Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: