Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Instituto Americano de Arquitetos elege os 10 maiores empreendimentos sustentáveis de 2018.  Projetos apostam no design e no crescimento sustentável.

O Comitê de Meio Ambiente (COTE) do Instituto Americano de Arquitetos (AIA) anunciou os 10 projetos vencedores da 22ª edição do prêmio. A premiação destaca o desempenho sustentável e o design dos projetos, que devem atender aos padrões impostos pelo comitê em diversos âmbitos, como valor econômico, social e ecológico. Confira abaixo os vencedores de 2018.

Albion District Library | Toronto, Ontário (Canadá) | Perkins+Will

Biblioteca Distrital de Albion é uma das mais movimentadas de Toronto
Foto: Doublespace Photography.

Uma das mais movimentadas da cidade de Toronto, a Biblioteca Distrital de Albion é atende uma população diversificada. Sua relevância como centro comunitário inspirou o conceito arquitetônico central de um jardim fechado. As características do design arquitetônico – bem como a decisão de não renovar e expandir o prédio da biblioteca existente e, sim, construir um novo – são resultados de uma consulta abrangente à comunidade da cidade.

Georgia Tech Engineered Biosystems Building | Atlanta, Geórgia (EUA) | Lake|Flato em parceria com Cooper Carry

Georgia Tech Engineered Biosystems Building é certificado LEED Platinum
Foto: Chris Cooper.

Certificado como LEED Platinum, o EBB é considerado como um modelo inovador para instalações de pesquisa. O edifício desafia os silos do design tradicional de laboratório, criando um sistema de bairros abertos que promovem o engajamento e a interação. Luz do dia, vistas ao ar livre, um sistema de coleta de água e outros elementos biofílicos usados ​​durante todo o programa reforçam a tecnologia e o design inteligente.

Mundo Verde at Cook Campus | Washington, DC (EUA) | Estúdio Twenty Seven Architecture

Projeto revitalizou escola abandonada como uma demonstração de práticas sustentáveis
Foto: Anice Hoachlander, Hoachlander Davis Photography.

Mundo Verde é uma escola pública charter – que adota modelos de gestão privada – bilingue e focada na sustentabilidade. Entre as práticas adotadas, estão a medição e monitoramento da eficiência dos materiais, sistema e recursos, assim como o reaproveitamento da água de chuva. O projeto revitalizou um local de escola urbana abandonada como uma demonstração de práticas sustentáveis, verdes, operações e educação.

Nancy and Stephen Grand Family House | São Francisco, Califórnia (EUA) | Leddy Maytum Stacy Arquitetos

Projeto recebeu a certificação Platinum sob o programa LEED for Homes
Foto: Bruce Damonte.

Fundada em 1981, a Family House é uma organização sem fins lucrativos que oferece alojamento temporário a famílias de crianças gravemente doentes que recebem tratamento em locais próximos. As estratégias sustentáveis ​​concentraram-se na combinação de espaços de vida saudáveis ​​e restauradores para que as famílias se sintam reconfortadas. O design final recebeu a certificação Platinum sob o programa LEED for Homes.

New United States Courthouse | Los Angeles, Califórnia (EUA) | Skidmore, Owings & Merrill LLP

O Novo Tribunal dos Estados Unidos alcançou a certificação LEED Platinum
Foto: Bruce Damonte.

Novo Tribunal dos Estados Unidos é um edifício de 10 andares e 633 mil pés quadrados que contém 24 salas de audiências e 32 câmaras judiciais. A sustentabilidade foi um fator determinante no design do empreendimento desde o início, o qual alcançou a certificação LEED Platinum. O edifício atende ao objetivo de energia da GSA para 2020 e incorpora recursos de design sustentáveis, incluindo uma matriz fotovoltaica na cobertura e fachada plissada que reduz a radiação anual do edifício e as cargas centrais da planta.

The Renwick Gallery of the Smithsonian American Art Museum | Washington, DC (EUA) | Grupo DLR

Novo projeto da Galeria Renwick alcançou uma redução de 50% no uso anual de energia
Foto: Kevin Reeves; Courtesy of DLR Group|Westlake Reed Leskosky.

Construído em 1859 e renovado pela última vez entre 1967 e 1972, a Galeria Renwick passou por mudanças e melhorias em grande parte da infraestrutura. O projeto incluiu a restauração de dois tetos arqueados, a recriação da configuração original da janela do século XIX, renovação de todos os sistemas de construção e melhorias para acessibilidade. O novo projeto alcançou uma redução de 50% no uso anual de energia, recebendo mais de 500 mil visitantes nos primeiros seis meses.

San Francisco Art Institute – Fort Mason Center Pier 2 | São Francisco, Califórnia (EUA) | Leddy Maytum Stacy Arquitetos

Adaptação preservou a integridade industrial da origem estrutura e integrou sistemas sustentáveis
Foto: Bruce Damonte.

Armazém histórico do Exército dos EUA em Fort Mason transformado em um novo campus para o San Francisco Art Institute, criando um centro de educação artística e engajamento público. A adaptação, no entanto, preserva a integridade industrial da estrutura de referência, apoia os objetivos pedagógicos da escola e integra sistemas de construção sustentáveis ​​avançados.

Sawmill | Tehachapi, Califórnia (EUA) | Olson Kundig

Casa projetada para enfrentar o clima severo do Deserto de Mojave, na Califórnia
Foto: Kevin Scott/Olson Kundig.

Situado no duro Deserto de Mojave, o Sawmill oferece um novo modelo para a casa unifamiliar sustentável. O resumo do cliente pedia um lar autossuficiente que maximizasse a conexão entre arquitetura e natureza e, também, entre os membros da família. A casa de blocos de concreto, aço e vidro de 5.200 SF foi projetada para enfrentar o clima severo da região propenso a incêndios.

Sonoma Academy’s Janet Durgin Guild & Commons | Santa Rosa, Califórnia (EUA) | Estúdio WRNS

Igualdade, comunidade e exploração são os princípios que nortearam o projeto
Foto: WRNS Studio.

Igualdade, comunidade e exploração são os princípios que nortearam os dois amplos andares do Guild & Commons, que se estendem e integram até a terra. Telas deslizantes, persianas automatizadas, projeções profundas transmitem como o prédio responde ao clima. Além disso, bloco de baixo carbono de origem regional, revestimentos cerâmicos, vigas recuperadas, revestimentos externos e interiores se emparelharam com lâmpadas e móveis fabricados na região para celebrar o trabalho da comunidade.

Ortlieb’s Bottling House | Philadelphia, Pensilvânia (EUA) | KieranTimberlake

Com o retrofit, ciclo de vida do empreendimento aumentou, além de preservar o seu caráter histórico
Foto: Michael Moran/OTTO.

Uma antiga fábrica de engarrafamento se transformou em um novo estúdio e local de testes com laboratório de fabricação, modelismo e espaços de fuga. A Kieran Timberlake aproveitou a forma de ventilação natural do edifício para criar um retrofit com uso eficiente de energia que usa estratégias passivas como luz do dia, massa térmica e janelas operáveis ​​para reduzir a dependência do prédio em sistemas mecânicos em 70%. Dessa forma, o ciclo de vida do empreendimento aumentou, além de preservar o seu caráter histórico.

Fonte: AIA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: