Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Só no ano passado (2017), empreendimentos que fazem parte da associação reciclaram 750 toneladas de resíduos não perigosos.

O Dia Internacional da Reciclagem – instituído pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) em 17 de maio – é, acima de tudo, uma oportunidade de reflexão sobre as questões ambientais. O aumento dos processos de geração, coleta e processamento do lixo representam um desafio à sociedade em geral, podendo resultar em graves problemas sociais, econômicos e ambientais. Para minimizar os impactos decorrentes deste processo, empresas têm adotado práticas responsáveis como forma de cuidar do meio ambiente.

O Instituto Tenco – associação destinada a administrar os investimentos sociais da Tenco Shopping Centers – tem trabalhado para levar desenvolvimento econômico-sócio-ambiental a comunidades do interior do Brasil e, em reconhecimento, já é considerado referência quando o assunto é ações sustentáveis.

Entre as práticas adotadas está à reciclagem de materiais considerados não perigosos, aplicando a destinação adequada aos resíduos produzidos nos centros de convivências do Grupo. Os lixos industriais são divididos em duas Classes: I (destinada aos lixos perigosos) e II (onde se enquadram os lixos não perigosos). Já os resíduos não perigosos estão subdivididos nas categorias Inerte e Não Inerte. Em geral, os resíduos não perigosos englobam materiais como papel, papelão, borracha, plástico polimerizado, minerais não-metálicos, metais ferrosos e não ferrosos, restos de alimentos e afins.

Instituto Tenco adota práticas voltadas à reciclagem de resíduos não perigosos
Foto: pxhere.

Destinação e reciclagem

Desenvolvido em Jaraguá do Sul (SC), o projeto tem como objetivo a destinação e reciclagem de todo o lixo produzido pelo Jaraguá do Sul Park Shopping, em parceria com a Associação de Recicladores Jaraguaenses – entidade devidamente licenciada para exercer tal atividade.

Ao todo, 76 toneladas anuais de resíduos que seriam destinadas ao aterro sanitário foram recicladas, evitando impactos negativos para o solo, nascentes e saúde humana. Em razão desta parceria, a Associação cresceu e ampliou seu quadro de cooperados, passando de 22 para 28.

“Incentivamos nossos lojistas e colaboradores para que cada uma faça sua parte, realizando a separação do resíduo produzido em sua loja ou espaço de trabalho. Em alguns de nossos shoppings, já conseguimos reciclar mais de 70% do lixo produzido. Isso nos faz aderentes aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável n°06 e n° 13 da ONU”, enfatiza Adriana Gribel, presidente do Instituto Tenco.

Sabão de reúso

Em Lages (SC), o Lages Garden Shopping realiza ação que destina restos de óleo vegetal das lojas de alimentação para uma empresa especializada que transforma o material em sabão. Atualmente o empreendimento gera 600 litros de óleo ao mês, que são transformados em cerca de 3600 barras de sabão.

“A reciclagem poupa os recursos naturais, reduz a poluição e cria empregos. Isso está alinhado ao Conceito Garden, que está enraizado em nosso DNA, tanto que aparece nos nomes dos empreendimentos. Este conceito se baseia no tripé ecologicamente correto, economicamente viável e socialmente justo, buscando implantar e consolidar as melhores práticas de gestão socioambiental”, finaliza Gribel.

Total
1
Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: