Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Companhia anuncia tour ao vivo e virtual em seu Centro de Reciclagem aos interessados em conhecer o processo sustentável da marca.

Centro de Reciclagem da Nespresso fica situada em Barueri (SP)
Foto: Divulgação/Nespresso.

Pioneira na reciclagem de cápsulas de café, a Nespresso celebra o Dia Internacional da Reciclagem com a inauguração de visitas oficiais ao seu Centro de Reciclagem, localizado em Barueri, na Grande São Paulo.

No Brasil, o programa de reciclagem começou em 2011. Desde que a marca chegou ao País, já existia o objetivo de reciclar suas cápsulas, porém, não foi possível iniciar uma operação integrada por meio de uma parceria. No entanto, todas as cápsulas geradas pela Nespresso e que voltavam à empresa foram armazenadas no Centro de Distribuição, até o momento em que se conseguiu recicla-las efetivamente.

Centro de Reciclagem

Com o passar do tempo, o Centro de Reciclagem foi desenvolvido como uma estrutura própria que separasse mecanicamente os materiais e também envolvesse toda a cadeia de logística reversa até o destino correto dos subprodutos do pós-consumo (alumínio e pó de café).

O processo inicial funciona da seguinte maneira: o consumidor entrega voluntariamente as cápsulas nos pontos de coleta localizados nas boutiques em diversas cidades do Brasil ou parceiros da marca. Atualmente, são 54 pontos de coleta que atendem 68% dos consumidores.

Além disso, outros serviços foram integrados para maximizar a coleta das cápsulas usadas. O same day delivery é uma entrega rápida que ocorre em 50 bairros da capital paulista e em 34 na cidade do Rio de Janeiro. Um profissional utiliza bicicleta como meio de transporte para recolher as cápsulas usadas no momento em que faz a entrega de novos pedidos.

Com o mesmo objetivo, a entrega programada voltada para clientes corporativos atende mais de 300 empresas em São Paulo e Rio de Janeiro. Neste caso, são utilizados veículos 100% elétricos para entrega e recolhimento das cápsulas.

O planejamento ainda prevê a expansão do serviço de reciclagem com clientes corporativos de Brasília (DF), chegando a oito cidades até o final de 2018. Para ampliar a rede de reciclagem, pilotos têm sido testados com a rede Multiplan e as lojas de conveniência AM/PM, oferecendo mais opções ao consumidor final.

“Investimos para que a reciclagem aconteça em favor do meio ambiente, pensando em toda a cadeia. A Nespresso ajuda parceiros a destinar corretamente a matéria-prima, atuando de forma responsável com o meio ambiente”, comenta Claudia Leite, gerente de cafés e sustentabilidade da marca no Brasil. “Buscamos transparência em nossas ações, medindo tudo que fazemos no processo de reciclagem. Queremos engajar o público e estimular que todo o mercado acompanhe essa mudança positiva sustentável”, complementa.

Cápsulas usadas são coletadas e enviadas para o Centro de Reciclagem
Foto: Divulgação/Nespresso.

Destinação de matérias-primas

Com a transferência dos resíduos coletados para o Centro de Reciclagem, os dois sub-produtos das cápsulas – pó de café e alumínio – são separados por um processo mecânico e que não utiliza água.

Após este processo, o material é destinado para duas empresas que trabalham com o reúso. O alumínio das cápsulas volta para a cadeia produtiva da matéria-prima, sendo reciclado e destinado para uma série de finalidades – como, por exemplo, motores de carros, bicicletas, computadores, latas de refrigerantes, entre outros.

O alumínio foi escolhido como matéria-prima das embalagens por ser altamente reciclável, além de conservar o café de forma adequada. O processo de reciclagem utiliza apenas 5% de energia elétrica e libera somente 5% das emissões de gás de efeito estufa – de acordo com dados do International Aluminium Institute (IAI) – se comparado com a produção de alumínio primário. Dessa forma, é possível diminuir o volume de lixo gerado pelo alumínio que teria como destino os aterros sanitários.

Por sua vez, a borra de café é levada para um processo de compostagem e transformada em adubo orgânico rico em nutrientes.

Programa de sustentabilidade

O anúncio das visitas ao Centro de Reciclagem faz parte da nova campanha de Criação de Valor Compartilhado da Nespresso, que será lançada oficialmente dia 21 de maio. A estratégia tem o objetivo de ressaltar a atuação e o compromisso da companhia com a sustentabilidade.

Atualmente, são investidos globalmente 25 milhões de francos suíços em reciclagem por ano. Por meio do programa denominado The Positive Cup, a Nespresso trabalha pilares como aquisição de café sustentável, gestão do alumínio e gestão eficiente do clima. A abordagem delineia metas concretas para serem atingidas até 2020, minimizando os impactos e gerando resultados positivos para a sociedade e o meio ambiente.

A meta é atender 100% dos clientes com uma solução fácil de reciclagem. “Em 2017, reciclamos 13,3% do total de cápsulas vendidas, um crescimento significativo em relação ao ano anterior, mas temos o compromisso de fazer muito mais”, diz Claudia.

Público poderá conhecer Centro de Reciclagem da Nespresso e fazer visita guiada
Foto: Divulgação/Nespresso.

A visitação gratuita ao Centro de Reciclagem será aberta ao público a partir do dia 17 de maio, sempre às quartas-feiras. Na data escolhida, será possível colaborar com o meio ambiente levando suas cápsulas para reciclagem. Os interessados podem fazer as inscrições pelo site ou, ainda, realizar um tour virtual que será disponibilizado a partir de junho.

 

Total
8
Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: