Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Limpeza ecológica é cada vez mais valorizada por empresas e em residências. Utilizar soluções sustentáveis reduz o impacto ao meio ambiente.

Limpeza ecológica ganha espaço em empresas
Foto: pxhere

Hoje em dia, o senso de responsabilidade em criar processos e procedimentos sustentáveis tem crescido naturalmente no setor empresarial. Atentar-se quanto ao impacto das atividades realizadas, buscar parceiros que atuam em prol do meio ambiente, além de materiais e produtos que reduzem não só os custos, mas, também, o uso de recursos naturais são ações fundamentais para alcançar maiores índices de sustentabilidade.

Com estes conceitos em mente, a limpeza ecológica tem ganhado cada vez mais espaço em empresas, condomínios e, até mesmo, residências. Limpeza ecológica é a utilização de soluções que não sejam nocivas ao meio ambiente, diminuindo o impacto durante a atividade. Segundo a Associação Brasileira de Limpeza Profissional (Abralimp), o uso de máquinas, equipamentos, produtos químicos e procedimentos de limpeza ambientalmente corretos estão recebendo a sua devida importância.

“Esta é uma ótima oportunidade de reforçar os valores da utilização de tecnologias e processos sustentáveis. Trata-se de um forte diferencial competitivo que as prestadoras de serviços de limpeza profissional e dos fabricantes e distribuidores de máquinas, equipamentos e químicos podem oferecer”, afirma Paulo Peres, presidente da Abralimp. “A proteção à saúde das pessoas e a preservação do meio ambiente fazem parte da missão das empresas que atuam no setor”, completa.

Peres reforça que, atualmente, existe uma demanda crescente de empresas e consumidores que valorizam e querem adquirir produtos e realizar processos de limpeza sustentáveis. “O mercado oferece soluções eficientes, redução de custos e otimização de energia e água”, diz o presidente da entidade.

Vale ressaltar ainda que o treinamento correto dos profissionais que atuam neste segmento é fundamental para fomentar a conscientização.

Certificação sustentável

Por sua vez, como entidade representativa do mercado de limpeza profissional, a Abralimp firmou uma importante parceria com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O intuito é desenvolver e estabelecer padrões de qualidade para a limpeza profissional no que tange à sustentabilidade.

A certificação Rótulo Ecológico tem como objetivo possibilitar as empresas associadas a ampliarem sua margem de atuação no setor, criando um diferencial competitivo perante o mercado em geral. “Existe uma demanda abrangente de usuários finais que procuram empresas com essa certificação para que mantenham boa pontuação e as vantagens que o selo LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) concede”, afirma Peres.

Limpeza ecológica

Usar soluções que não agridem meio ambiente é fundamental
Foto: pxhere

Entre os benefícios da limpeza ecológica estão a redução dos custos operacionais, o uso racional e redução da extração dos recursos naturais, como água e energia, e a implantação consciente e ordenada da sustentabilidade. Tudo isso além de benefícios sociais, que agregam valor a imagem da empresa.

Confira seis dicas da Abralimp para realizar a limpeza ecológica com maior eficiência.

  1. Enceradeiras industriais

Por meio da enceradeira industrial, indicada para diferentes pisos, é possível limpar com eficácia e rapidez superfícies que somente com água, detergente e vassoura não seriam possíveis. O equipamento possui ação mecânica, o que otimiza a água e o produto químico utilizados.

  1. Lavadoras de alta pressão

A lavagem de grandes áreas – como pátios, garagens e estacionamentos – é inevitável, uma vez que elas precisam ser limpas constantemente. Neste cenário, uma alternativa eficaz para a economia de água são as lavadoras de alta pressão. Segundo os especialistas da Abralimp, a lavadora recebe a água da torneira, aumentando consideravelmente a pressão e diminuindo a vazão comparada a uma mangueira convencional. Com essa pressão maior, a limpeza é mais rápida e entrega um resultado final melhor. Outro ponto positivo é a redução do uso de produtos químicos. Além disso, o usuário não precisa utilizar uma vassoura para esfregar o chão, uma vez que a lavadora faz o exercício físico em seu lugar.

  1. Reúso de água em condomínios

O reúso da água da chuva para fins não potáveis é uma das soluções mais implantadas e eficientes para obter redução do consumo de água. Atualmente, muitas edificações já contam com um sistema de captação de águas pluviais por meio de um reservatório.  Este volume acumulado pode ser utilizado na limpeza das áreas comuns e na rega de jardins, por exemplo.

  1. Sistemas de limpeza Spray Mop

Os Mops são bastante versáteis tanto para recolher partículas soltas (pó) como para limpeza úmida e aplicação de ceras e acabamentos em superfícies lisas horizontais ou verticais. Utilizados nas tarefas de manutenção da limpeza, o sistema de spray aplica as soluções por meio de jatos dirigidos. O refil de microfibra encaixado na base promove uma limpeza mais eficaz por conta da capacidade de absorção e também da ação de limpeza mecânica que exerce sobre as superfícies.  Podemos destacar também a vantagem de estar com solução sempre isenta de contaminação, além de um rendimento médio estimado de 100m²/l.

  1. Panos coloridos de microfibra e borrifadores

Estes tipos de materiais não soltam pelos e, diferente dos panos de algodão convencionais, absorvem mais água e sujidade. Recomenda-se a utilização de panos coloridos para separação por ambientes ou por tarefas. A lavagem pode ser realizada em um único passo: colocá-los juntos de molho em solução com detergente neutro líquido e depois torcer. É recomendado não utilizar amaciantes ou alvejantes.

Já o borrifador também é um acessório pouco lembrado que faz muita diferença no processo da limpeza, podendo ser usado com gatilhos coloridos para separação dos produtos utilizados, o que ajuda a evitar a contaminação cruzada. O resultado é facilidade e economia de água.

  1. Balde espremedor com divisórias para duas águas

O equipamento é composto de balde duplo com divisória fixa, espremedor, cabo, refil mop e garra. Na parte dianteira do balde coloca-se a solução de água com produto de limpeza, a ser aplicada no piso; e na parte traseira a água limpa para enxague do refil mop. O balde espremedor promete utilizar apenas 30% do volume de água, se comparado à limpeza convencional. Este sistema também permite excelente ergonomia para o usuário. Garante uma limpeza mais eficiente e com uso racional de químicos e da própria água, resultando em duplo benefício com a diminuição do impacto ambiental e maior segurança para o usuário.

Total
2
Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: