Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Para receber a certificação LEED Platinum para Projeto e Construção de Edifícios, a Bentley Arena adotou soluções de eficiência energética, hidráulicas, qualidade ambiental de interiores, materiais e recursos e design sustentável.

Bentley Arena recebe certificação LEED Platinum
Foto: Divulgação/Bentley Arena

A moderna Bentley Arena multiuso – localizada em Waltham, Massachusetts, nos EUA – recebeu a certificação LEED Platinum para Projeto e Construção de Edifícios, de acordo com o U.S Green Building Council. Esta é a classificação mais alta do LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), o que dá o título de arena mais sustentável do País e a primeira de gelo autônoma a receber a certificação.

Recém inaugurada, a arena possui um espaço de 76 mil pés quadrado e abriga o time de hóquei da Divisão I da NCAA da Universidade de Bentley, além de eventos universitários de destaque de diversos portes. A certificação destaca o design sustentável e a eficiência no uso do prédio e aponta para o crescimento contínuo da universidade como uma empreendedora de negócios inovadora e nacionalmente reconhecida.

“Esta classificação de arena mais ambientalmente correta dos EUA demonstra o forte e duradouro compromisso da Bentley com a sustentabilidade”, disse Gloria Cordes Larson, presidente da Universidade de Bentley. “Atuamos todos os dias em nossa missão de preparar líderes socialmente responsáveis e ambientalmente conscientes. Isso passa pelo nosso compromisso de atingir a neutralidade de carbono até 2030, a oferta do bacharelado de Ciência da Sustentabilidade e o programa de redução de resíduos, que recicla mais de 270 toneladas de material por ano​”, completou.

Soluções sustentáveis

Sistema de fabricação de gelo e ar-condicionado são utilizados com gases refrigerantes à base zero de CFC (clorofluorcarbonos)
Foto: Divulgação/Bentley Arena

Entre as características sustentáveis que a arena de gelo implantou, o uso da tecnologia solar impulsiona a arena a ter uma maior eficiência energética, otimizada graças ao painel solar fotovoltaico de 504 quilowatts, o qual deve gerar cerca de 40% da necessidade anual de energia elétrica do edifício.

Além disso, uma tecnologia inovadora também foi instalada para capturar o calor gerado pelo equipamento de fabricação de gelo da pista, usado para aquecer a água de toda universidade. “Devido à combinação da tecnologia solar no telhado e do projeto mecânico com eficiência energética, a energia global necessária para abastecer a arena será menos da metade do que seria necessário para alimentar uma construção de tamanho similar”, disse Amanda King, diretora de sustentabilidade da Bentley. De acordo com ela, estas tecnologias também ajudam a reduzir a pegada de carbono do edifício pela metade.

A construção ambientalmente sustentável e com economia de eletricidade proporcionará um grande retorno do investimento por muitos anos. Para diminuir os custos com energia elétrica, foi instalada iluminação LED de alta eficiência e com controles inteligentes de detecção de movimento que desligam as luzes quando não há ninguém presente. Já para aproveitar mais luz natural, as janelas de vidro foram projetadas para iluminar grande parte do edifício durante o dia.

Segundo Amanda Lehman Garvey, da consultoria Thornton Tomasetti, a Universidade de Bentley demonstrou uma excelente iniciativa em design sustentável, obtendo a certificação LEED Platinum para o projeto da arena. “Medidas de conservação de energia e iniciativas de design sustentável foram priorizadas em todo o projeto e construção, resultando em um prédio que está liderando o caminho em áreas de saúde humana e ambiental”, afirmou.

A Bentley Arena incorpora os objetivos e aspirações da universidade em ser líder nacional em sustentabilidade. Desta forma, os conceitos sustentáveis foram implementados em todas as áreas. Por exemplo, cerca de 10% dos materiais de construção e acabamento foram adquiridos localmente e cerca de 20% dos materiais de construção e acabamento contêm conteúdo reciclado. Ainda, pelo menos 50% da madeira utilizada no edifício são provenientes de florestas com práticas florestais sustentáveis ​​e certificadas.

Em relação aos sistemas de fabricação de gelo e ar-condicionado, são utilizados gases refrigerantes à base zero de CFC (clorofluorcarbonos). Já os equipamentos hidráulicos de maior eficiência do mercado, incluindo mictórios sem água, vasos sanitários de descarga dupla e torneiras e chuveiros de baixo fluxo são os responsáveis por reduzir o uso de água.

Plano de Ação Climática

Como signatária do Compromisso de Carbono do Colégio Americano e dos Presidentes Universitários (ACUPCC), a Universidade de Bentley reconhece que as instituições de ensino superior têm um papel único na sociedade para estimular suas comunidades através de pólos de pesquisa e inovação. Por isso, o grupo está comprometido em alcançar a neutralidade de carbono em seus campi.

Em janeiro de 2010, a Universidade de Bentley finalizou seu Plano de Ação Climática, o qual serve como roteiro para atingir a meta de neutralidade de carbono com ações ao longo do caminho. As metas de redução de emissões serão alcançadas por meio de uma abordagem multifacetada que inclui:

  • Implementação de um programa de modernização de retro comissionamento e de eficiência energética;
  • Melhoria contínua dos controles do prédio para uma operação mais eficiente dos sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado;
  • Instalação de sistemas de energia renovável no local;
  • Educar e engajar estudantes, professores e funcionários nos esforços de conservação de energia e sustentabilidade;
  • Compra de energia renovável via Certificados de Energia Renovável (RECs).

Estas e outras ações estão contempladas na Bentley Arena multiuso, que recebeu o certificado LEED Platinum para Projeto e Construção de Edifícios.

Fonte: Bentley University.

 

Total
1
Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: