Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

We Shape Innovation terá programação com experts de diversas áreas como inovação, sustentabilidade, realidade virtual, tecnologia 4.0, BIM, inteligência artificial e empreendedorismo.

We Shape Innovation discute uso de tecnologias na construção civil
Realidade virtual é um dos destaques do WSI

Na próxima-quinta (9), Curitiba vai receber o We Shape Innovation (WSI) 2018. O evento é voltado para a construção civil e promete reunir o que há de melhor em tecnologias disruptivas para o segmento. O tema deste ano é “Inovações e tecnologias aplicadas para facilitar e modernizar a construção civil”.

Ao todo, são 19 palestras com experts de diversas áreas como inovação, sustentabilidade, realidade virtual, tecnologia 4.0, BIM, inteligência artificial, empreendedorismo e outras. A edição deste ano espera reforçar a importância e a necessidade de inovar no segmento para alcançar maiores índices de desenvolvimento da sociedade. Desta forma, os representantes da construção civil têm a chance de compartilhar informações e fazer networking.

O evento é idealizado pela Evehx Engenharia e, segundo Ernani Simas Alves Neto, CEO da empresa, a evolução tecnológica tornou o segmento multi setorial. “O mundo está totalmente conectado. O setor automobilístico, por exemplo, vem passando por um processo de reestruturação com a mudança no abastecimento. Se os veículos estão se tornando elétricos, os prédios terão que se adaptar para recarregá-los. Tudo está conectado. Por isso, um dos temas do WSI será ‘Carros Elétricos e Autônomos’”, destaca.

O exemplo utilizado é apenas um dentre os muitos que serão apresentados no WSI. A seleção de palestrantes irá abordar temas que vão desde mão de obra qualificada, até softwares de gestão e projetos, passando por todas as tecnologias que envolvem estes processos. “O We Shape Innovation é um evento para um público que busca conhecimento técnico, inovador e de alta qualidade. Procuramos os melhores parceiros e palestrantes para que os assuntos relevantes sejam trazidos da forma mais esclarecedora possível e por profissionais que tenham vivência do mercado”, declara Ernani.

Confira alguns destaques que farão parte do We Shape Innovation 2018.

Tecnologias 4.0

Impressões 3D, internet das coisas, realidade virtual, BIM e robótica avançada. Estes são apenas alguns exemplos de tecnologias 4.0 que podem ser aplicadas na construção civil. O tema será abordado por Rafael de Tarso Schroeder, gerente de inovação e novos negócios do Centro Internacional de Tecnologia de Software (CITS).

A quarta revolução industrial tem um poder capaz de impactar o setor de construção civil, desde tecnologias para casas, cidades até trabalhadores inteligentes. Para Rafael, é preciso se atentar a realidade brasileira para saber até em que ponto vale a pena pesquisar, desenvolver e criar inovação ou simplesmente adotar as novas tecnologias. “Fala-se muito em BIM, modelagem 3D, porém, grande parte dos desafios está na qualificação da mão de obra, com metodologias, ferramentas e novas formas de trabalho. Será fundamental aprender a trabalhar de forma colaborativa e interdisciplinar, entender movimentos e se adaptar”, afirma.

Transformação digital

A transformação digital da construção civil significa, dentre outras coisas, processos físicos instantaneamente automatizados e digitalizados e a melhor integração entre obra e escritório. O tema será abordado por Rhoda Serafim, general manager South America da Work Tech, na palestra que abordará plataformas de gerenciamento que auxiliam no processo de digitalização do segmento.

Se a indústria da construção civil ainda é vista como um dos setores que mais demora em aceitar novas tecnologias, hoje em dia, dificuldades como custos abusivos, atrasos na entrega, baixa eficiência e produtividade não são bem-vistas pelos clientes. A inserção de tecnologias modernas tem a chance de melhorar o setor e deixá-lo mais competitivo. “Investir em tecnologia para avançar consiste puramente em ganhos. A habilidade de unir obra com o escritório pela integração de work-flow do começo ao fim com a mais nova tecnologia já está acontecendo”, ressalta Rhoda.

Empreendedorismo e sustentabilidade

Pioneira em construções em wood frame no Brasil, a Tecverde estará representada por Caio Bonatto, CEO da empresa, que irá falar sobre empreendedorismo na construção civil. A Tecverde possui uma linha de produção totalmente automatizada e eficaz, conseguindo uma economia de 85% de resíduos de obras e 90% de recursos hídricos, conforto térmico e acústico, além de ser homologado pelo Ministério das Cidades. A tecnologia construtiva wood frame permite ainda industrializar 85% da obra – fazendo com que a maior parte da produção ocorra na fábrica e não no canteiro de obras.

“A sustentabilidade deve estar deve ser um fator intrínseco ao projeto. Quando pensamos em sustentabilidade de uma forma genuína e não pelo viés marqueteiro, conseguimos colher frutos econômicos reais”, afirma Caio.

Veja mais informações a respeito da programação e das inscrições do We Shape Innovation (WSI) clicando neste link.

Fonte: WSI Events.

Total
3
Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: