Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Companhia revela progresso em direção às metas sustentáveis estabelecidas até 2020, que busca atingir melhores resultados em relação aos produtos, rede de fornecimento e vidas sustentáveis. O Relatório Global de Sustentabilidade é feito com dados da atuação no Brasil, México, Europa e China.

Foto: pxhere

A C&A divulgou o Relatório Global de Sustentabilidade 2017, o qual revela o desempenho bem-sucedido da empresa quanto ao cumprimento das metas de sustentabilidade estabelecidas para 2020. O compromisso é baseado em três pilares da estratégia global: produtos, rede de fornecimento e vidas sustentáveis.

Segundo os dados divulgados, mais de três quartos do algodão comprado para a produção das peças é, atualmente, orgânico ou adquirido como Better Cotton – sistema que define critérios e princípios sustentáveis para a produção de algodão em nível global. A empresa também avançou em seus programas para fornecedores, principalmente em relação as condições de trabalho seguras e justas e o descarte zero de produtos químicos danosos ao meio ambiente.

“O progresso em 2017 é resultado direto de como a sustentabilidade está inserida em todas as nossas ações comerciais. A sustentabilidade é parte importante de como desenhamos e produzimos nossas peças, garantindo que sejam fabricadas de forma a respeitar pessoas, animais e o meio ambiente”, relata Jeffrey Hogue, diretor global de sustentabilidade da C&A.

Confira abaixo algumas conquistas e ações em prol do desenvolvimento sustentável colocadas em prática pela empresa.

Matérias-primas mais sustentáveis

Relatório Global de Sustentabilidade - Produtos sustentáveis
Fonte: Relatório Global de Sustentabilidade 2017 C&A

Visando minimizar os impactos causados pela produção de matérias-primas, a C&A se comprometeu globalmente, até 2020, a ter 67% de todas as suas matérias-primas advindas de fontes mais sustentáveis. Atualmente, mais de 65% do algodão utilizado pela C&A no mundo possui certificação de algodão orgânico ou é produzido de acordo com os padrões Better Cotton (algodão BCI); em 2016 e 2015, essa taxa era de 53% e 40%, respectivamente.

A empresa também se mantém como a maior compradora no mundo de algodão orgânico certificado, de acordo com Relatório Textile Exchange 2017 Organic Cotton Market. Além disso, 44% das matérias-primas usadas nas coleções da C&A – como algodão, viscose e poliéster – agora são adquiridas de forma mais sustentável, ou seja, são materiais cultivados e fabricados usando menos recursos naturais, respeitando o meio ambiente. A meta estabelece que 67% das matérias-primas sejam mais sustentáveis até 2020.

Na Europa e na China, a C&A deu um importante passo ao se comprometer com a obtenção de 100% de suas fibras de celulose artificiais a partir de fornecedores que não utilizam madeiras de corte retiradas de florestas nativas e ameaçadas no mundo. As fibras artificiais representam uma redução dos impactos causados à natureza, minimizando o número de árvores derrubadas e a produção de dióxido de carbono.

Recentemente, foi iniciada a fabricação de seus primeiros produtos com nylon reciclado, certificada pelo Global Recycled Standard.

Certificação Cradle to Cradle

A C&A trouxe para seu mercado global mais de 1,3 milhão de peças com o certificado Cradle to Cradle (C2C) ™, sendo a maior coleção de moda sustentável em escala. Vale ressaltar que a certificação em questão é voltada para produtos sustentáveis.

“Por meio do fornecimento de peças com o selo C2C™, oferecemos as primeiras coleções produzidas com altos padrões sociais, 100% seguras, sem qualquer material tóxico, produzidas com energia 100% renovável e água devidamente tratada e reutilizada. Cada peça é pensada para que possa ser reciclada posteriormente”, diz Jeffrey Hogue.

Neste ano, a Ethical Corporation premiou a C&A pela iniciativa das camisetas Cradle to Cradle GOLD Certified™, na categoria Inovação Sustentável do Ano. A empresa desenvolveu as inovadoras camisetas em parceria com a Fashion for Good – que apoia a economia circular e iniciativas tecnológicas de startups para acelerar a transição em direção a uma indústria da moda mais sustentável.

Redução do impacto ambiental

Em 2017, a C&A reduziu sua pegada de carbono em 15%, enquanto o consumo de água caiu em 14%. A expectativa é diminuir ainda mais o uso de água na produção de matérias-primas. A empresa também se comprometeu a utilizar Metas Baseadas em Ciência (Science Based Targets) para reduzir os impactos na mudança climática.

Transparência da rede de fornecimento

A rede de fornecimento da C&A contempla mais de 1 milhão de pessoas – empregadas nas 757 unidades produtivas espalhadas em todo o mundo – e com mais de 2 mil fornecedores classificados nos tier 1 e 2 – unidades de corte e costura e prestadores de serviços de pintura, lavandeira  e bordados.

A C&A deu o primeiro passo para aprimorar a transparência da rede de fornecimento já no Relatório Global de Sustentabilidade 2015, com a divulgação dos nomes e endereços de seus fornecedores europeus do tier 1 e 2 e a adição de fornecedores tier 2 no último ano, além da inclusão dos fornecedores do Brasil.

Por meio de uma ferramenta on-line, cada um dos consumidores C&A pode facilmente identificar onde os produtos são fabricados no mundo todo.

Relatório Global de Sustentabilidade - Fornecimento sustentável
Fonte: Relatório Global de Sustentabilidade 2017 C&A

Sustentabilidade mais perto dos clientes

Para ajudar os consumidores a tomarem melhores decisões de compra e conhecerem melhor os aspectos sustentáveis de suas roupas, a C&A lançou a campanha global de comunicação sobre sustentabilidade, intitulada “VistaAMudança”.

Todos os produtos sob este selo são produzidos de forma mais sustentável em relação aos métodos convencionais.

Relatório Global de Sustentabilidade - Vidas sustentáveis
Fonte: Relatório Global de Sustentabilidade 2017 C&A

O Relatório Global de Sustentabilidade 2017 completo está disponível on-line em português neste link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: