Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

5º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel destaca projetos contemporâneos de todo o Brasil. Vencedores e finalistas ficam em exposição até 23 de setembro.

O Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel divulgou no último dia 23 de agosto os vencedores da sua 5ª edição. A premiação destaca produções arquitetônicas contemporâneas e significativas que são construídas no atual panorama brasileiro, promovendo a relação urbana e o comprometimento com o sítio de implantação e a sustentabilidade, bem como a sua capacidade de criação projetual e construtiva.

Neste ano, 13 finalistas concorreram ao prêmio. Ao todo, foram 244 inscritos de 17 Estados brasileiros, além do Distrito Federal. O anúncio dos escolhidos marcou a inauguração da mostra que reúne os projetos que chegaram à final e ficam em exposição até o dia 23 de setembro, no próprio Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo.

A seleção foi feita por um júri formado por grandes nomes da arquitetura nacional. Vale dizer que em 2018, houve um aumento de mais de 31% na quantidade de inscrições se comparada com a edição anterior. Podem participar arquitetos brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil há, pelo menos, dois anos e escritórios de arquitetura. Os interessados devem ter projetos construídos durante os últimos 10 anos.

Confira a lista de vencedores.

1° Lugar – Parque Novo Santo Amaro V (São Paulo/SP)

Arquitetura: Vigliecca & Associados | Héctor Vigliecca, Luciene Quel, Neli Shimizu e Ronald Werner Fiedler;

Parque Novo Santo Amaro V foi o 1º colocado no Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel 2018
Foto: Divulgação/Parque Novo Santo Amaro V

2° Lugar – Hostel Villa 25 (Rio de Janeiro/RJ)

Arquitetura: C+P Arquitetura | Rodrigo Calvino e Diego Portas;

Hostel Villa 25 foi um dos vencedores do prêmio
Foto: Divulgação/Hostel Villa 25

3° Lugar – Casa no Cerrado (Moeda/ MG)

Arquitetura: Vazio S/A | Carlos M. Teixeira;

Casa no Cerrado foi um dos vencedores do prêmio
Foto: Divulgação/Casa no Cerrado

Hors Concours – Sesc 24 de Maio (São Paulo/SP)

Arquitetura: Paulo Mendes da Rocha + MMBB Arquitetos | Paulo Mendes da Rocha, Marta Moreira, Milton Braga e Fernando de Mello Franco;

Sesc 24 de Maio recebeu nomeação especial
Foto: Divulgação/Sesc 24 de Maio

Menção honrosa em Sustentabilidade – Vila Taguaí (Carapicuíba/SP)

Arquitetura: Cristina Xavier Arquitetura | Cristina Xavier;

Vila Taguaí recebeu menção honrosa em sustentabilidade
Foto: Divulgação/Vila Taguaí

Menção honrosa em Cor – Residência em Gonçalves (Gonçalves/MG)

Arquitetura: André Vainer Arquitetos | André Vainer.

Residência em Gonçalves recebeu menção honrosa em cor
Foto: Divulgação/Residência em Gonçalves

Além dos vencedores, fazem parte da mostra os seguintes projetos finalistas:

Cais do Sertão (Recife/PE). Arquitetura: Brasil Arquitetura | Francisco Fanucci e Marcelo Ferraz e Pedro Del Guerra;

Casa 711H (Brasília/DF). Arquitetura: BLOCO Arquitetos | Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho e Matheus Seco;

Casa do Carnaval (Salvador/BA). Arquitetura: A&P Arquitetura e Urbanismo | Alexandre Prisco Paraíso Barreto e Nivaldo de Andrade Junior;

Estúdios Ouro Preto (Sete Lagoas/MG). Arquitetura: Arquitetos Associados | Carlos Alberto Maciel e Ulisses Mikhail Jardim Itokawa;

Residência Piracaia (Piracaia/SP). Arquitetura: Nitsche Arquitetos Associados Ltda | Lua Nitsche e Pedro Nitsche;

Sede de uma Fábrica de Blocos (Avaré/SP). Arquitetura: Vão | Anna Juni, Enk te Winkel e Gustavo Delonero;

Vila Amélia (Sertãozinho/SP). Arquitetura: VAGA | Fernando O’Leary, Pedro Domingues e Pedro Faria.

Saiba mais sobre o Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: