Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Capital paulista é uma das cinco cidades globais a receber o projeto Clean Energy Challenge, que fomenta soluções em prol da sustentabilidade.

Clean Energy Challenge acontece em São Paulo
Clean Energy Challenge acontece em São Paulo e outras quatro cidades do mundo. Foto: Divulgação/WDCD

Atualmente São Paulo conta com uma frota de veículos leves e pesados que respondem a 90% de toda poluição do ar. A cidade também é uma das maiores metrópoles do mundo e conta com o maior congestionamento da América Latina. Este panorama fez a plataforma internacional What Design Can Do (WDCD) promover o concurso Clean Energy Challenge São Paulo, que, este ano, busca por projetos que tragam soluções ao trânsito da capital paulista.

A proposta – que também acontece em outros países e com outros focos – é convocar profissionais de todo o planeta para resolver situações adversas, aplicadas a questões de saúde e vida do ser humano. Em São Paulo, o foco será mobilidade urbana, onde grupos inscritos terão que debater sobre meios para abandonar o combustível fóssil, expandir o uso de energia renovável e garantir energia limpa para todos.

O desafio de energia limpa é o sucessor do desafio de ação climática do WDCD, que ocorreu em 2017. As 13 ideias premiadas no ano passado já foram realizadas – incluíam Power Plant, a primeira Green House autossuficiente do mundo e o Vertical University Project, universidade vertical no Nepal com cerca de 8 mil m², onde produtores rurais recebem auxilio para se adaptaram aos impactos da mudança climática.

Podem concorrer designers, estudantes e startups com projetos de produtos, sistemas, serviços e comunicação. Os inscritos devem ter planos inovadores, práticos, acessíveis e fáceis de entender. As inscrições estão abertas e vão até o dia 15 de novembro. Confira o cronograma completo abaixo.

  • Inscrições:  até 15 de novembro de 2018;
  • Seleção dos finalistas pelo júri brasileiro: 15 de novembro a 14 de dezembro;
  • Refinamento das ideias selecionadas: 15 de dezembro a 14 de fevereiro de 2019;
  • Seleção dos vencedores pelo júri internacional: 15 de fevereiro a 6 de março de 2019;
  • Programa de aceleração para os vencedores: de marco a junho de 2019.

O Clean Energy Challenge São Paulo tem apoio das fundações Ikea e Autodesk, Mandacaru Design Gráfico, Instituto Clima e Sociedade, Flutter, Atelier Marko Brajovic, Rede Nossa São Paulo, Questto Nó e Coalizão Clima e Sociedade. O concurso também contará com oficinas para auxiliar os inscritos a fomentar seus projetos no período de inscrição.

Desafios mundiais

Além de buscar propostas para a mobilidade de São Paulo, o Clean Energy Challenge também acontece em outras cidades do planeta, cada uma com sua demanda:

  • Déli (Índia): moradia;
  • Nairóbi (Quênia): alimentação;
  • Cidade do México (México): processo de resíduos;
  • Amsterdã (Holanda): energia alternativa.

O desafio contará com uma premiação de 10 mil euros (R$ 48 mil) para desenvolvimento da ideia, que também inclui parceria com uma equipe de mentores e adesão em um programa de aceleração personalizado. O nome dos jurados não foi divulgado, mas será composta por especialistas do setor de design internacional.

Para saber mais sobre o concurso, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: