Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Em sua 6ª edição, Prêmio Saint-Gobain reconhece os melhores projetos que trazem conforto, inovação e sustentabilidade.

Logo do Prêmio Saint-Gobain
Profissionais e estudantes podem se inscrever até o dia 30 de outubro. Foto: Divulgação/Saint-Gobain

O Prêmio Saint-Gobain de Arquitetura – Habitat Sustentável chega a sua 6ª edição com a finalidade de reconhecer e premiar projetos de arquitetura que buscam o conforto no ambiente, inovações e a sustentabilidade. As inscrições serão realizadas até o dia 30 de outubro.

A premiação busca projetos de arquitetura em desenvolvimento ou já edificados, que propõem soluções nas áreas em que estão inseridos, além de mobilizar profissionais e estudantes que acreditam que a construção civil contribui para a sustentabilidade, bem-estar do usuário e incentivo ao uso de novas tecnologias.

O Prêmio Saint-Gobain reconhecerá 25 projetos vencedores de 70 finalistas em duas categorias. Entre todos os finalistas, tanto da categoria Profissional quanto da Estudante, serão também escolhidos os “Destaques em Conforto, Inovação e Sustentabilidade”.

A premiação é uma das mais importantes do mercado de construção civil brasileira, tendo reconhecido a excelência de mais de 150 projetos.

Categorias

O Prêmio Saint-Gobain de Arquitetura – Habitat Sustentável está aberto para inscrições em duas categorias com modalidades e especificidades distintas, definidas pelo perfil do participante, tipo de projeto e previsão ou conclusão da obra. As premiações e o julgamento são independentes entre cada categoria.

Para participar são aceitos profissionais com obras ainda não iniciadas, em curso e já finalizadas e estudantes com projetos acadêmicos que contemplam princípios físicos necessários a cada ambiente promovendo o conforto, inovação e a sustentabilidade.

Profissionais: podem participar escritórios ou profissionais graduados em arquitetura de forma individual ou em grupo, residentes e domiciliados no País – portando seu registro no Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU). Os projetos são inscritos em três modalidades:

  • Residencial: exclusivo para edificações residenciais – unifamiliar, multifamiliar ou ainda de uso misto (comercial e residencial);
  • Comercial: edifícios de uso corporativo ou de serviço;
  • Institucional: para aeroportos, terminais rodoviários, ferroviárias, hidroviários, hospitais, escola, órgãos públicos, museus, instituições, entidades, centro esportivos, religiosos, de lazer e outros.

Estudante: podem participar aqueles que fazem curso no Brasil de graduação de forma individual ou em grupo, obrigatoriamente em conjunto com um orientador, com matrícula vigente em 2018 no último ano/semestre. São válidos trabalhos acadêmicos em final de graduação em arquitetura – aprovados em banca – trabalhos desenvolvidos durante o curso ou em especial para o prêmio.

Para os estudantes é possível participar nas modalidades residencial, comercial e institucional, como mencionado na modalidade anterior.

Critérios de seleção

Após as inscrições, a seleção dos projetos será separada em duas etapas. A primeira contará com a Comissão de Seleção que pretende aprovar até 70 empreendimentos, já a segunda etapa será feita pela Comissão de Premiação, que irá analisar as duas categorias e as modalidades a seguir:

  • Conforto: uso combinado de técnicas construtivas e produtos aplicados, visando melhor performance dos ambientes em: térmico, acústico, visual, saúde e modular;
  • Inovação: contribuições relevantes com aplicações de novas tecnologias, processo de construção, operação da obra, entre outros;
  • Sustentabilidade: uso racional dos recursos naturais (matéria-prima, água e energia) para o usuário final e/ou nas diversas etapas da edificação, combatendo o desperdício e na prevenção e controle de impacto ambiental.

Para saber mais sobre a regulamentação do Prêmio Saint-Gobain, clique aqui. Os vencedores serão anunciados em março de 2019, durante a Expo Revestir, em São Paulo (SP).

Conheça os vencedores do Prêmio Saint-Gobain de Arquitetura – Habitat Sustentável 2017

Categoria Estudante

1º Lugar
O Urbanismo sustentável: do plano ao edifício
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Autora: Gabriela Bastos Porsani
Orientador: José Luiz Tabith Junior
Cidade: São Paulo (SP)

Foto: Divulgação

 2º Lugar
Habitação Ecoeficiente na Cidade Universitária
Instituição: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Autora: Juliete Reichert
Orientadora: Maria Maia Porto
Cidade: Rio de Janeiro (RJ)

Foto: Divulgação

 3º Lugar
Fazendas Verticais – Desconstrução, Reinserção e Revolução
Instituição: Centro Universitário Belas Artes de São Paulo
Autora: Caroline Teixeira Ito
Orientador: Edson Lucchini Jr.
Cidade: São Paulo (SP)

Foto: Divulgação

Categoria Profissional – Edificação Institucional

1º Lugar
Moradas Infantis – Fundação Bradesco
Escritório: Rosenbaum Projetos + Aleph Zero
Autora Responsável: Adriana Benguela
Equipe: Gustavo Utrabo (Aleph Zero), Pedro Lass Duschenes (Aleph Zero) e Marcelo Rosenbaum (Rosenbaum Projetos)
Cidade: São Paulo (SP)

Foto: Divulgação

2º Lugar
Arena da Juventude
Escritório: Héctor Vigliecca e Associados
Autor Responsável: Héctor Ernesto Vigliecca Gani
Equipe: Luciene Quel e Ronald Werner Fiedler
Cidade: São Paulo (SP)

Foto: Divulgação

3º Lugar
Aeroporto Internacional de Belo Horizonte Escritório: Bacco Arquitetos Associados
Autor Responsável: Marcelo Consiglio Barbosa
Equipe: Julio Cesar Corbucci
Cidade: São Paulo (SP)

Foto: Divulgação

Categoria Profissional – Edificação Comercial           

1º Lugar
NASP – Nova Sede Administrativa
Escritório: Dal Pian Arquitetos
Autor Responsável: Renato Dal Pian
Equipe: Lilian Dal Pian
Cidade: São Paulo (SP)

Foto: Divulgação

2º Lugar
Complexo Fabril para multinacional do setor de óleo e gás
Escritório: Casacinco Arquitetos Associados
Autor Responsável: Boris Madsen Cunha
Equipe: Jussara Rezende Specian, Ricardo Alberti, Rogerio Shibata e Rosiana Ruda Sant’ana
Cidade: Curitiba (PR)

Foto: Divulgação

3º Lugar
Centro de Pesquisa & Desenvolvimento Richard J. & Maureen E. Egan
Escritório: Archi-Musa Arquiteto
Autor Responsável: Paulo Musa
Cidade: Rio de Janeiro (RJ)

Foto: Divulgação

Categoria Profissional – Edificação Residencial

1º Lugar
Residência KS
Escritório: Arquitetos Associados
Autor Responsável: Alexandre Brasil Garcia
Equipe: Paula Zasnicoff Duarte Cardoso da Silva
Cidade: Belo Horizonte (MG)

Foto: Divulgação

2º Lugar
Residência HLC
Escritório: Escritório Kika Camasmie + Arq
Autor Responsável: Ana Carolina Camasmie David (Kika Camasmie)
Equipe: Eduardo Straub (Straub Junqueira), Henrique Elias Cury (Ecoquest), Henrique Machado de Mendonça (Etool Global) e Jorge Elmor Neto (Elmor Arquitetura Eireli)
Cidade: Curitiba (PR)

Foto: Divulgação

3º Lugar
Casa Estúdio
Escritório: Cuboverde Arquitetura Sustentável
Autora Responsável: Ingrid Louise de Souza Dahm
Equipe: Albert Koelln e Greice Lorscheiter Machado
Cidade: São Leopoldo (RS)

Foto: Divulgação

Categoria Profissional – Projeto Institucional

1º Lugar
Estação Antártica Comandante Ferraz
Escritório: Estúdio 41 Arquitetura
Autor Responsável: Eron Costin
Equipe: Dario Corrêa Durce, Emerson Vidigal, Fabio Henrique Faria, João Gabriel Rosa e Martin Kaufer Goic
Cidade: Curitiba (PR)

Foto: Divulgação

2º Lugar
Casa Firjan
Escritório: Atelier 77 Projetos
Autora Responsável: Priscila Marinho
Equipe: André Lompreta, Nanda Eskes e Thorsten Nolte
Cidade: Rio de Janeiro (RJ)

Foto: Divulgação

3º Lugar
Casa dos Raros
Autor Responsável: Bruno Giugliani (BUILT Arquitetuara e Urbanismo)
Equipe: Joana Giugliani, Pedro Terra Oliveira e Karen Bammann
Cidade: Porto Alegre (RS)

Foto: Divulgação

Categoria Profissional – Projeto Comercial 

1º Lugar
AMATA
Escritório: Triptyque Architecture
Autora Responsável: Carolina Bueno
Equipe: Pedro Sávio Jobim Pinheiro
Cidade: São Paulo (SP)

Foto: Divulgação

2º Lugar
Pavilhão para escritório de arquitetura 
Autora Responsável: Maria Jocelei Steck (Steck Arquitetura)
Cidade: Campinas (SP)

Foto: Divulgação

3º Lugar
Fazenda de Cacau
Escritório: Arco Arquitetos
Autor Responsável: Frederico Zanelato
Equipe: Ana Beatriz Goulart Faria e Sergio Francisco da Silva Faraulo
Cidade: Mogi das Cruzes (SP)

Foto: Divulgação

Categoria Profissional – Projeto Residencial

1º Lugar
Casa Terra
Escritório: Atelier O’Reilly
Autora Responsável: Patricia de Almeida O´Reilly
Equipe: Bruna Hioki e Marianne Araújo Brito
Cidade: Carapicuíba (SP)

Foto: Divulgação

2º Lugar
Le Dune
Escritório: Torres & Bello Arquitetos
Autor Responsável: Alberto Torres
Equipe: Audrey Bello Ramos, Carolina Ramos Torres, Fabrício Lessa e Laurinei Rodrigues (Monte Belo)
Cidade: Porto Alegre (RS)

Foto: Divulgação

3º Lugar
Edifício Ícaro
Escritório: Studio Arthur de Mattos Casas Arquitetura e Design
Autor Responsável: Arthur de Mattos Casas
Equipe: Gabriel de Andrade Ranieri, Marcelo Peixoto Beretta, Regiane Khristian Silva Bouças, Roberto Cabariti Filho e Rodrigo Pereira Carvalho
Cidade: São Paulo (SP)

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: