Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Fórum Mundial Niemeyer contará com especialistas que abordarão temas como arquitetura, urbanismo, acessibilidade, mobilidade urbana e muito mais.

Criado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, Edifício Manchete será palco do 1º Fórum Mundial Niemeyer.
Criado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, Edifício Manchete será palco do 1º Fórum Mundial Niemeyer. Foto: Divulgação

O Instituto Niemeyer de Políticas Urbanas, Científicas e Culturais em conjunto com a Onu-Habitat, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU-RJ) e o Instituto de Arquitetos do Brasil – departamento Rio de Janeiro (IAB-RJ) – realizará entre os dias 16 e 19 de outubro o primeiro Fórum Mundial Niemeyer no Rio de Janeiro.

O fórum tem como foco resgatar e estreitar as relações das pessoas com a arquitetura. A iniciativa do projeto é de Paulo Sérgio Niemeyer, bisneto de Oscar Niemeyer e atual presidente do Instituto.

Entre os temas que serão abordados pelos especialistas das áreas de arquitetura, urbanismo, meio ambiente e sustentabilidade – tanto nacionais quanto internacionais – estão: os desafios das cidades contemporâneas dos países em desenvolvimento, que vem conquistando um maior espaço na geopolítica internacional; mobilidade urbana inclusiva; acessibilidade segundo os princípios do desenho universal; sustentabilidade; uso de energias limpas, renováveis e alternativas; reciclagem dos materiais do nosso cotidiano que estão ligadas diretamente à integração de novas tecnologias; arte; sociedade; e valorização das produções da indústria criativa.

Serão quatro dias de palestras, além de atividades estendidas. As inscrições podem ser feitas neste link.

Confira alguns destaques do Fórum Mundial Niemeyer:

16/10/2018 – Cidades e humanidade

  • Reabilitação Urbana e Cultura: Aprendizado no Parque das Nações em Lisboa – Teresa Salgueiro (Geógrafa e professora da Universidade de Lisboa/Portugal);
  • Gestão do Patrimônio Cultural: Desafios e Aprendizados – Andrey Rosenthal Schlee (Professor da Universidade de Brasília);
  • Live your Time: A Humanização das Cidades – Hans Donner (Designer alemão naturalizado brasileiro).

17/10/2018 – Arquitetura e sustentabilidade

  • Avanços Concretos com as Certificações LEED – Felipe Faria (Diretor-executivo do Green Building Council Brasil);
  • Economia Urbana e Sustentabilidade: Experiências Adquiridas – Peter Knight (Economista e analista estratégico).

18/10/2018 – Cidade e planejamento urbano-social

  • Cidade do Rio de Janeiro: Evolução da Forma Urbana e o Pensamento Promotor dos Modelos Urbanos – Verena Andreatta (Arquiteta e urbanista);
  • Requalificação Urbana de Medelin: Avanços e Contribuições – Alejandro Restrepo (Doutor em Engenharia e Arquitetura).

19/10/2018 – Mobilidade e cidade inteligente

  • Mobilidade ativa para todos como estratégia para aumentar a saúde, a participação e o desenvolvimento socioeconômico em cidades inteligentes – Francesc Aragall (Arquiteto e presidente da fundação Design For All);
  • Acessibilidade e Desenho Universal na Convenção das Nações Unidas para Pessoas com Deficiência – Victor Pineda (Acadêmico de desenvolvimento social e defensor dos direitos das pessoas com deficiência);
  • Projetos Urbanísticos: A Harmonização dos Espaços Públicos – Luiz E. Índio da Costa (Arquiteto e urbanista).

O evento contará com a presença de Shigeru Ban, vencedor do prêmio Pritzker 2017 – o Nobel da arquitetura – e especialistas brasileiros como Paulo Mendes da Rocha, vencedor do Pritzker 2006 e Leão de Ouro 2015 em Veneza (Itália), e Regina Cohen, que abordará o tema “Direito das Pessoas com Deficiência”. Além de Francesc Aragall e o curador chinês Aric Chen que também estão com a presença confirmada.

O Fórum Mundial Niemeyer irá acontecer no Edifício Manchete, no Rio de Janeiro (RJ). A Casa Niemeyer, localizada no centro da cidade, receberá encontros globais, conferências, interatividades e exposições. Visitas guiadas serão realizadas no MEC – Palácio Gustavo Capanema, FGV, Sambódromo, Hospital da Lagoa, Edifício Manchete e Caminho Niemeyer.

O Instituto Niemeyer de Políticas Públicas, Culturais e Econômicas foi criado em 2 de junho de 2010, pelo Presidente de Honra, Oscar Niemeyer, e Paulo Sérgio Niemeyer com o intuito de preservar o legado deixado pelo renomado arquiteto brasileiro e ampliar o impacto das soluções que fazem parte da agenda urbana e social. O Instituto tem como meta o futuro da sustentabilidade, dos recursos naturais do planeta e resgatar as comunidades carentes que chegam a ocupar 60% das grandes cidades brasileiras.

Saiba mais sobre o Fórum Mundial Niemeyer clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: