Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Infinitytech atua tanto com o desenvolvimento de soluções hídricas para empreendimentos quanto para indústrias e infraestrutura urbana.


green yearbook 2018


gestão da água
Gestão integrada das águas é o gerenciamento e desenvolvimento sustentável dos recursos hídricos. Foto: Pixabay/Quadronet_Webdesign

O desenvolvimento sustentável de um setor não é feito apenas por um ou outro agente, toda a cadeia produtiva deve estar envolvida. Na construção sustentável, o trabalho realizado por consultorias e empresas que oferecem soluções e produtos eficientes e que respeitam o meio ambiente é primordial para alcançar resultados cada vez mais expressivos. O Anuário Green Yearbook 2018 vai destacar estas empresas em um conteúdo especial.

Entender as necessidades de cada cliente é um fator determinante para se destacar em um mercado cheio de concorrência. A Infinitytech – empresa de consultoria e engenharia para programas e projetos de eficiência do uso da água, saneamento e gestão ambiental – atua de maneira personalizada em cada projeto, oferecendo uma equipe dedicada e pronta para alinhar as expectativas com os resultados obtidos.

A empresa se tornou referência no desenvolvimento de gestão integrada da água, realizando projetos de hidráulica predial eficientes, fontes alternativas do recurso (potável e não potável), tratamento de efluentes industriais e sanitários e infraestrutura urbana e condominial (água, esgoto e drenagem sustentável). Oferece, também, o gerenciamento e a operação assistida das soluções concebidas para garantir a qualidade.

São três mercados atendidos: edificações – no qual é uma das pioneiras em trabalhos de gestão integrada das águas –, indústrias e projetos relacionados à infraestrutura urbana – no que diz respeito a saneamento ambiental. A empresa ainda elabora programas estratégicos de água para grandes corporações que desejam aumentar a sua resiliência hídrica.

“Procuramos oferecer um trabalho com visão integrada entre o empreendimento e seu entorno, avaliando também a infraestrutura existente (água, esgoto e drenagem) e a disponibilidade de água da região”, diz Gustavo Freitas, coordenador de projetos. “Nossas soluções são desenvolvidas com base em uma avaliação criteriosa técnica e econômica, de forma a entregar opções que trazem benefício real para o empreendimento”, completa.

Gestão integrada da água

Infinitytech

A gestão integrada das águas nada mais é do que o gerenciamento e desenvolvimento sustentável dos recursos hídricos. Ela não se refere apenas as ofertas e demandas de dentro do empreendimento, mas de toda a infraestrutura ao seu redor.

A Infinitytech analisa a infraestrutura de água, esgoto e drenagem local, associando as suas soluções de engenharia a um programa integrado de gestão e conservação do recurso.

“Conseguimos compor projetos que visam à conservação da água de acordo com o planejamento urbano adequado, trazendo uma visão mais ampla do entorno, aumentando a sua resiliência e reduzindo os impactos ambientais causados”, comenta Álvaro Diogo, gerente técnico comercial.

A gestão e o uso eficientes da água são fundamentais para propiciar maior resiliência aos empreendimentos. “A situação do saneamento no Brasil ainda é precária. A gestão da oferta e da demanda a nível micro, dentro da edificação ou da indústria, é muito importante para reduzir a demanda de água das redes de abastecimento públicas, geração de esgoto e, consequentemente, pressão nos mananciais”, alerta Álvaro.

Construção sustentável

armazenamento de água
Uso eficiente da água é fundamental para a gestão de empreendimentos. Foto: Pixabay/JackSellaire

A expertise no mercado de edificações rendeu à Infinitytech um papel importante no desenvolvimento sustentável, cooperando com a elaboração de textos base das normas, além de secretariar comissões de estudo de normas técnicas.

Entre os trabalhos realizados podem-se destacar projetos de conservação e gestão integrada da água, que incluem hidráulica predial – água fria e quente, água não potável, coleta de esgoto, gás e combate a incêndio – e fontes alternativas – como água de chuva e reúso de esgoto. Virgínia Sodré, diretora-técnica comercial ressalta, em especial, a parceria nos empreendimentos da Trisul S.A

“A Trisul tem uma visão inovadora em relação a seus edifícios residenciais, adotando ações sustentáveis desde a conceituação do produto até a entrega da obra. Nota-se que o novo perfil de usuários não busca só comprar uma geladeira eficiente que consome menos energia, mas, também, busca morar em uma residência eficiente que apresenta menores custos de recursos naturais”, diz.

Se inicialmente o apoio era voltado para a especificação dos metais sanitários eficientes, atualmente o trabalho desenvolve projetos de fontes alternativas em 10 empreendimentos residenciais da incorporadora. “Um empreendimento residencial com aproximadamente 560 pessoas tem, em média, 11% de economia de água potável ao implantar o reúso de águas cinza para fins não potáveis. A economia pode ser ainda maior se somado o aproveitamento de água de chuva”, explica Virgínia. Vale ressaltar que a média de economia do recurso deve ser vista caso a caso.

O conteúdo completo desta matéria poderá ser conferido no Green Yearbook 2018 – Certificações e Sustentabilidade no Brasil. Acompanhe o Going Green Brasil para mais conteúdos exclusivos do Anuário nos próximos dias. Para saber como participar envie uma mensagem pelo e-mail info@goinggreen.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: