Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Mostra+Sustentável teve mais de 5 mil visitantes, um aumento de 150% em relação ao ano anterior, e deixa legado aos usuários do hospital Cândido Ferreira.

pátio do hospital Cândido Ferreira
Mostra+Sustentável encerra 2018 com projetos, obras e paisagismo entregues a o Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira. Foto: Divulgação/Mostra+Sustentável

Este ano, a Mostra+Sustentável finalizou sua 2ª edição com a devolução do prédio revitalizado ao Serviço de Saúde Cândido Ferreira, em Campinas (SP). Todas as intervenções e benfeitorias geradas pelo evento foram doadas ao espaço, gerando mais valor e rendimento ao empreendimento.

Ao todo, a Mostra proporcionou a revitalização de 3 mil m², sendo 2 mil de área construída e 1 mil de paisagismo. Foram utilizados materiais e conceitos sustentáveis na concepção de cada projeto, inclusive na parte de decoração. Com todas as atividades realizadas, foram gerados mais de 100 mil toneladas de resíduos, sendo que 20% deste total foi reutilizado nas reconstruções e pavimentação dos espaços do Serviço de Saúde Cândido Ferreira.

“O investimento estimado para uma reforma como a realizada pela Mostra é superior a R$2 milhões. Além do reparo em estrutura e execução de novos revestimentos em pisos, paredes e forros, foram projetadas e executadas novas instalações elétricas e hidráulicas. Sistemas de geração de energia por painéis fotovoltaicos e de reúso de água de chuva também ficam como legado à instituição”, explica Fernando.

Fernando Caparica Santos, idealizador e realizador do projeto, ressaltou a entrega do prédio novamente à instituição, com todas as intervenções e obras feitas. “Acredito que eles ficarão muito satisfeito com o resultado da reforma que realizamos através da Mostra+Sustentável, que será uma fonte de recursos por meio do aluguel de salas e eventos que poderão ser ali realizados”, completa.

Com o objetivo de compensar as emissões de dióxido de carbono (CO2) liberados no ar por causa das obras, deslocamentos e atividades realizadas durante a Mostra+Sustentável, os profissionais à frente do evento decidiram plantar 400 mudas de árvores nativas no terreno do hospital. A ação foi realizada em parceria com a Secretária do Verde de Campinas – responsável pelo cálculo da quantia de emissão – a organização da Mostra+Sustentável e do Edifício Cândido Ferreira, junto com a Subprefeitura de Sousas.

Nesta edição foram apresentados ao público 42 ambientes distribuídos em quatro blocos. Houve cerca de 72 expositores assinando a execução dos espaços, tais como fachada e varanda, lobby e recepção, hall da escada, jardins, banheiro e lavabo, quartos, studios, salas diversas, corredores, espaço gourmet, entre outros.

Cerca de 5 mil visitantes participaram em seis semanas de exposição, um aumento de público de 150% se comparado ao ano anterior. O evento recebeu visitantes de oito Estados brasileiros e estrangeiros do Canadá, EUA e Austrália.

Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira

Espaço revitalizado da Mostra+Sustentável
Espaço revitalizado. Foto: Divulgação/Mostra+Sustentável

Com a entrega do edifício revitalizado, a Mostra+Sustentável cumpriu seu objetivo central de unir profissionais, cidadão comuns, poder público e iniciativas privadas em prol de uma causa social. Este legado é a principal herança do evento, que irá contribuir para que a instituição tenha maneiras de melhorar a arrecadação de fundos.

“Já temos o Pátio das Artes reservado para sediar um grande bazar e também alugamos o salão onde acontecerá os Sustentalks por oito finais de semana, para uma empresa realizar palestras e workshops. De modo geral, queremos disponibilizar o prédio para grandes eventos e como espaços para coworking. Queremos ser referência em eco espaço, pois, temos estacionamento, restaurante e a estrutura completa para receber essa demanda”, declara Kennia Oliveira, superintendente do Cândido Ferreira.

O Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira em Campinas é uma entidade filantrópica inaugurada em 1924 como hospital psiquiátrico. A partir de 1990, em parceria com a Prefeitura Municipal de Campinas, o Cândido Ferreira começou a ampliar suas ações através da reabilitação psicossocial, oferecendo serviços com bases comunitárias proporcionando a inclusão social a seus pacientes. Atualmente o hospital atente cerca de 7 mil usuários/mês contando com a colaboração de 900 funcionários que atuam em diversas unidades de atendimentos para crianças, adolescentes e adultos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: