Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Projeto de climatização executado na fábrica da Adata foi contemplado com o Prêmio Destaques do Ano Smacna Brasil no ano passado.

Fábrica da Adata
Fábrica da Adata construída no interior paulista. Foto: Divulgação/Adata Technology.

A Adata Technology é uma das empresas líderes em nível global do segmento de memória e armazenamento digital. A empresa escolheu o Brasil para sediar a sua primeira Planta de Encapsulamento de Circuitos Integrados na América Latina, operação que está localizada em Santo Antônio de Posse (SP), em um condomínio industrial com mais de 10 mil m² e uma ampla área verde.

O site foi desenvolvido para receber a maior sala limpa do País – são 3 mil m² divididos em duas plantas –, ou seja, um ambiente altamente controlado para testes e manufatura de produtos, no qual a contaminação por partículas presentes no ar interfere nos resultados. Com este nível de complexidade, o projeto e a execução de um sistema de climatização devem atender rigorosas classes de limpeza e normatização.

O projeto básico foi realizado pela RJWU & Associates Architecs and Engineers, enquanto a Ergo Ar Condicionado ficou responsável pela instalação na Adata Integration Brazil. Ele contempla sistemas de ar condicionado (água gelada) para as áreas de produção e administrativas, expansão direta para os vestiários e sistema de ventilação/exaustão para os sanitários.

“Acho que o destaque foi justamente a execução diferenciada que tivemos, alinhada a equipamentos de primeira categoria. As salas limpas excedem as demandas atuais e permitem que a Adata produza os seus produtos com alta tecnologia e segurança, atendendo aos mais exigentes padrões de qualidade”, diz o engenheiro João Carlos Correa da Silva, CEO da Ergo Engenharia.

A obra foi vencedora da categoria Obra Nova / Industrial do 25º Prêmio Destaques do Ano Smacna Brasil – veja todos os premiados da edição do ano passado.

Saiba mais: Inscrições para o 26º Destaques do Ano Smacna Brasil vão até 1º de março

Projeto

O sistema de ar condicionado é do tipo expansão indireta, sendo composto por três chillers com condensação de água – dois operantes e um reserva – com capacidade de 318 TR cada, em um total de 954 TR. O projeto também conta com três bombas de circulação primária, 10 bombas de circulação secundária e três de condensação, que se integram ao sistema de recuperação de energia por meio da derivação de um circuito hidráulico paralelo que pré-aquece a água, sendo usada no controle reaquecimento e umidade do ar.

As áreas classificadas são beneficiadas por 702 Fan Filters com filtros H14, formando um forro filtrante que atende toda a dimensão da sala limpa. Entre as paredes, foram desenvolvidas câmaras de filtragem no conceito de DryCoil, no qual as serpentinas retiram o calor sensível do processo.

Na área externa destacam-se três torres de resfriamento fabricadas com ventilador centrífugo, acionadas por inversor de frequência e que proporcionam economia operacional e baixa intensidade de ruído. Ainda integram o sistema condicionadores de ar externo do tipo modular, com dois estágios de aquecimento e dois de resfriamento, umidificação por aspersão e filtragem G/F e absoluta. Isso garante o tratamento de 100% do ar externo e a distribuição adequada a todos os sistemas.

As áreas de circulação da fábrica e dos escritórios são atendidas por Unidades Hidrônicas Terminais, tipo cassete, com tratamento prévio do ar externo. Estas característics proporcionam maior conforto interno aos colaboradores e visitantes da fábrica. O monitoramento é operado e supervisionado em tempo real por meio de um sistema PLC com protocolo de comunicação aberto, garantindo um gerenciamento eficiente de todo procedimento.

Segundo João Carlos, o que muitos clientes buscam pode ser resumido em três fatores: custo-benefício, prazo e execução. No entanto, é preciso trabalhar além destes conceitos básicos para atingir um nível maior de eficiência e qualidade.

“Um projeto de sucesso é muito mais do que isso. A Ergo dá muita importância para a operabilidade da instalação, a condição de manutenção e a flexibilidade da instalação. A questão da eficiência energética, essencial hoje em dia, permeia todos estes quesitos”, finaliza o CEO da Ergo Ar Condicionado.

O conteúdo completo desta matéria poderá ser conferido no Green Yearbook 2018 – Certificações e Sustentabilidade no Brasil. Acompanhe o Going Green Brasil para mais conteúdos exclusivos do Anuário nos próximos dias. Para saber como participar envie uma mensagem pelo e-mail info@goinggreen.com.br.
Total
157
Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: