Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Caminhos Plásticos de Serviço de Alta Densidade, tecnologia da thyssenkrupp, ajuda na circulação de veículos e equipamentos pesados em canteiros de obras.


conteúdo trisul


canteiro de obras
Terreno irregular do canteiro de obras pode dificultar a movimentação grande de veículos e equipamentos pesados. Foto: Pixabay/ArtisticOperations.

Encontrar soluções para aumentar o desempenho das construções é um dos desafios constantes do setor. O canteiro de obras é uma área importante do processo construtivo e demanda um bom planejamento e organização para que a execução ocorra em conformidade com o que foi definido na etapa de projeto.

Apesar de ser um ciclo curto na vida de uma edificação, o canteiro de obras é responsável pelo desempenho de grande parte da construção e do produto final. Atuar com práticas sustentáveis minimizam não só o impacto que o canteiro tem no meio ambiente, mas, também, aumenta a produtividade e qualidade de todo o processo.

O canteiro sustentável é requisito obrigatório para a obtenção de certificações verdes, como os referenciais técnicos do AQUA-HQE, LEED e Selo Casa Azul. Além de sensibilizar quanto ao uso consciente de recursos naturais – principalmente em relação à energia e água, além de gestão de resíduos –, os quesitos básicos também passam pela mitigação dos impactos ao meio ambiente, à infraestrutura urbana presente no local e aos moradores da comunidade ao redor da obra.

Circulação de veículos pesados

É comum que estes locais tenham uma grande movimentação de veículos pesados, que transportam materiais e produtos de um lugar a outro, ou equipamentos de linha amarela – escavadeiras, compressores, guindastes, etc. Devido justamente ao peso destes veículos e maquinários, a superfície do canteiro de obras – que, geralmente, já é irregular e desnivelada – pode sofrer danos que atrasam o trabalho de carregamento e descarregamento de cargas.

Além disso, é preciso se atentar quanto à circulação dos veículos dentro e fora do canteiro, uma vez que a movimentação também espalha resíduos e poeira pelo entorno da construção. Este problema deve ser resolvido com a adoção de procedimentos como a lavagem de rodas de caminhões, por exemplo, antes da saída para as ruas.

Pensando em otimizar a circulação dos caminhões no canteiro, uma solução vem ganhando espaço devido ao seu baixo custo de utilização, manutenção e praticidade: os Caminhos Plásticos de Serviço de Alta Densidade para Obras, tecnologia desenvolvido pela unidade Infrastructure da thyssenkrupp.

A solução foi criada para aplicação em diversos tipos de terrenos, protegendo superfícies sensíveis – como as feitas com pedras, pavimentação asfáltica e concreto pré-moldado – e ampliando o espaço para movimentação dos veículos, desta forma minimizando áreas lamacentas, escorregadias e de difícil acesso.

Tecnologia desenvolvida pela thyssenkrupp
Tecnologia desenvolvida pela thyssenkrupp amplia espaço para movimentação de veículos pesados. Foto: Divulgação/thyssenkrupp.

O produto é construído à base de polietileno de alta densidade e dotado de uma base geotêxtil especialmente projetada para suportar cerca de 160 toneladas por m², garantindo uma distribuição uniforme do peso sobre a superfície.

“Nossas estradas de plástico apresentam uma combinação de baixo peso e alta capacidade de carga. É fácil de instalar, assegura uma ótima distribuição de peso e pode ser instalado em praticamente qualquer superfície. Os caminhos de plástico são, genuinamente, um peso leve. Um único caminhão pode transportar até 75 painéis, o que reduz os custos de transporte ao mínimo. O processamento dos painéis de plástico também é barato, tornando-a uma solução particularmente rentável para uma ampla gama de aplicações”, afirma Rasmus Halstenberg, gerente geral da thyssenkrupp Infrastructure Brasil.

Segundo o executivo, a demanda dos sistemas de estradas aumentou bastante no último ano, o que fez a empresa se aprofundar no segmento e melhorar o desempenho da solução.

Vale ressaltar que o produto não é apenas adequado para locais de construção, ampliando as estradas existentes ou como espaço de armazenamento, ele também pode ser usado como guindaste ou plataforma de montagem para de infraestrutura de energia eólica, construção de linhas ou sistemas fotovoltaicos.

“Desenvolvemos os Caminhos Plásticos de Serviço de Alta Densidade para Obras já pensando em fornecer uma solução que se adeque à demanda de eficiência produtiva com custos reduzidos. Seu baixo custo de implantação e manutenção torna a solução bastante interessante para o mercado, além de ser um item sustentável e favorável ao meio ambiente”, finaliza Rasmus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

%d blogueiros gostam disto: